domingo, 17 de março de 2013

Público de Marromeu viveu momentos de muita animação e festa

 Desta vez foram dois dias de jeito que o público de Marromeu viveu momentos de muita animação e festa. Canto de actividades diversificadas (musica, desfile e mais) coloriu as ruas e o palco municipal de Marromeu na semana finda. O evento foi alusivo a terceira edição de carnaval 2013 onde o publico mais uma vez aderiu em massa para testemunhar, apoiando os concorrentes, convidados e organizadores do evento. De referir que a data de realização do carnaval em Marromeu foi adiada por várias vezes devido as fortes chuvas que se faziam sentir nesta região.



 
Kanimambo aos organizadores e promotores dos eventos culturais 
Fotos: Palmeirim Chongo

sábado, 16 de março de 2013

terça-feira, 12 de março de 2013

quinta-feira, 7 de março de 2013

Acesso rodoviário a Marromeu critico devido à chuva continua

Percorrer 100 km de desvio do distrito de caia na estrada nacional numero um (N1) para Marromeu é autentico martírio, devido a degradação da via de acesso em consequência das chuvas que tem vindo a cair. 100km antes era percorrida em duas horas, tempo que tem sido normal quando a via estiver em condições hoje percorre-se em quatro ou 5 horas e, automóveis sem tracção em 4 rodas ficam entalados ao longo da via. A estrada garante a circulação de pessoas e escoamento de produtos exemplo: açúcar fabricado pela Companhia de Sena, mercadorias etc. com essa, achamos que uma intervenção urgente é necessária.

Preço galopante de chapa entre Marromeu a Caia

Neste momento o preço de transporte publico vulgo chapa entre Marromeu a Caia custa 250 meticais uma distancia de 100km, não sabemos de certo se o valor estipulado é reconhecido com as autoridades competentes ou não e neste momento não podemos questionar aos transportadores sobre a subida do preço porque está nos olhos de cada passageiro o estado avançado da degradação da via. Nós (população) pedimos ao governo para não nos deixar de fora porque neste momento vivemos uma respiração funda com o preço proibitivo de chapa Marromeu-Caia.

Sem mais esperamos pelos dias melhores.
Por: Fernando Raposo